Pastor Salatiel Fidelis sendo expulso pelos fiéis da igreja Assembleia de Deus em Governador Valadares, em Minas Gerais
Pastor Salatiel Fidelis sendo expulso pelos fiéis da igreja Assembleia de Deus em Governador Valadares, em Minas Gerais

Fiéis de uma igreja Assembleia de Deus em Governador Valadares, em Minas Gerais, estão exigindo a expulsão do pastor presidente Salatiel Fidelis. Ele é suspeito de comprar diversos itens com o dinheiro da igreja, inclusive bebidas alcoólicas.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o pastor Salatiel Fidelis sendo expulso de um culto nesse domingo (10).

“A igreja não quer mais”, dizia a maioria em alto e bom tom, como mostra uma das gravações. Um pequeno grupo o apoiava com cartazes.

Ele estava afastado por decisão de um conselho que diz ter encontrado irregularidades nas contas quando houve uma mudança de diretoria. O pastor entrou na Justiça para retomar o cargo e conseguiu ser reintegrado por meio de uma decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Entre as supostas irregularidades cometidas na igreja sob o comando do pastor estariam a compra de itens como cerveja, e a informação de que a esposa dele, Cleide Fidélis, pagou a taxa do condomínio onde moram com dinheiro do Núcleo de Desenvolvimento Social, quando o mesmo era presidido por ela.

Alarmados com a situação, fiéis da igreja têm realizado manifestações, levado cartazes para o culto e gritado palavras de ordem, pedindo a expressa exoneração de Salatiel do cargo.

As informações são do Fuxico Gospel, que teve acesso a atas das reuniões que culminaram na expulsão do pastor da presidência da igreja.

Fonte: Jornal Opção e Bhaz