O pastor, que também foi indiciado por rapto, teria mentido para a família da garota dizendo a levaria para uma vigília religiosa na capital baiana.

Alex Santos Gouveia, que era pastor da Igreja Universal no município de Candeias, região metropolitana de Salvador, e foi transferido para a central da IURD, em Salvador, teria sido preso em flagrante no último domingo tendo relações sexuais com uma menina de 13 anos dentro de um carro.

O acusado teria mentido para a família da garota, que mora em Candeias, dizendo que a levaria para uma vigília religiosa na capital baiana.

Um bispo da igreja, que não teve seu nome divulgado, esteve na delegacia e informou que o pastor foi expulso da congregação e que a igreja repudia o crime.

Fonte: Bahia Dia Dia