Pastor sertanejo é destaque nacional por divulgar vídeo na web contra homossexuais.

O Pastor Luiz Lourenço de Sousa afirma que ¨os gays são abominações e queimarão no inferno¨

A imprensa nacional repercutiu na semana passada, a polêmica das orientações sexuais do pastor da cidade de Marizópolis, Luiz Lourenço de Sousa, mais conhecido como Pastor Poroca, que publicou um vídeo na internet contra os homossexuais.

O pastor que é conhecido no município e região por suas pregações polêmicas e também como “o homem que falou com Deus”, desta vez o religioso foi destaque nacional.

De acordo com a matéria publicada no portal “Cena G”, que é vinculado ao Portal UOL, Poroca está realizando um estudo entre a Bíblia Sagrada e a homossexualidade e divulgou através do Youtube o primeiro vídeo contendo parte de suas conclusões.

No vídeo o pastor critica à homossexualidade e diz: “os gays são abominações e queimarão no inferno”.

O religioso também critica o casal de pastores fundadores da Igreja Cristã Contemporânea do Rio de Janeiro, Marcos Gladstone e Fábio Inácio.

O site chega a apontar como engraçado e circense o discurso do pastor, que em dado momento diz no vídeo: ‘Se tu é ladrão é perdoado, se é sapatona é perdoado, se é homossexual (sic) é perdoado. Mas se tu morrer assim será condenado’.

Veja o vídeo [url=http://www.youtube.com/watch?v=vPlxDGFrpMI&feature=player_embedded]aqui[/url]

[b]Fonte: Paraíba Agora[/b]