No dia 10 de janeiro de 2010, um grupo de radicais hindus invadiu uma reunião de oração realizada em uma igreja em Jalliguda, cidade de Hyderabad, estado de Andhra Pradesh, na Índia, e agrediu o pastor e os cristãos presentes no culto.

De acordo com o grupo Council of Indian Christians (GCIC), há relatos de que, por volta das 9h, aproximadamente 50 membros dos grupos radicais hindus Rashtriya Swayam Sevaks (RSS) e Bharatiya Janatha Party (BJP), invadiram a sala de oração e bateram no pastor Benhur, que estava liderando o culto, e nos cristãos presentes.

Fontes afirmam que os radicais hindus os alertaram para parar de pregar o evangelho naquela região.

Fonte: Missão Portas Abertas