O pastor da Igreja Pentecostal do Encontro dos Vasos, Alexandre da Silva Costa, de 35 anos, foi preso nesta quarta-feira por policiais da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Nova Iguaçu.

Ele foi acusado de agressão por sua mulher, Adriana Cristina, de 35 anos. Alexandre foi autuado com base na nova lei 11.340, a “Lei Maria da Penha”, que tem o objetivo de coibir e penalizar com mais rigor a violência doméstica, que prevê ao autor a pena de detenção de três meses a três anos.

Adriana, com marcas no rosto, contou na delegacia que o marido depois de agredi-la, disse que ela poderia procurar a polícia, e ficaria aguardando, pois queria ver quem ia prendê-lo. Os agentes da Deam foram à casa do casal, no bairro Morro Agudo, próximo de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, onde prenderam o pastor.

A delegada Lúcia Baptista arbitrou a fiança de R$ 1.750, que não foi paga por Alexandre. Ele foi encaminhado para a carceragem da Polinter.

Fonte: O Globo Online