Um pastor sul-africano vem causando polêmica em seu país por fazer os fiéis de sua igreja beberem óleos e fluidos para motores de carros durante suas pregações. Theo Bongani Maseko, que se autointitula profeta da igreja Ministérios do Sopro de Cristo, confirmou que usa os líquidos em seus cultos.

[img align=left width=300]https://conteudo.imguol.com.br/c/noticias/0f/2017/01/20/20jan2017—theo-bongani-maseko-que-se-autointitula-profeta-da-igreja-ministerios-do-sopro-de-cristo-confirmou-que-usa-os-liquidos-em-seus-cultos-1484942775867_615x300.jpg[/img]Em entrevista ao jornal “The Star”, ele afirmou que o óleo para motores “demonstra o poder de Deus”. “Quando oramos sobre aquele líquido, seu veneno vai embora. Por isso, não faz mal algum. Nada aconteceu e ninguém foi parar no hospital”, disse. Maseko afirma que quem bebeu o óleo foi salvo e curado.

No entanto, uma comissão do governo que promove a liberdade de culto deve abrir uma investigação sobre o incidente. A presidente do órgão, Thoko Mkhwanazi-Xaluva, afirmou que existe um abuso de práticas irresponsáveis em igrejas sul-africanas.

“Muita gente vai acabar morrendo. Por sorte, nada aconteceu. Mas a vida de vários está em risco”, disse.

Nos últimos tempos, vários pastores foram alvo de denúncias na África do Sul por promoverem práticas como comer grama e insetos e beber líquidos tóxicos.

[b]Fonte: UOL[/b]