O “pastor” malaio Ou Yang Wen Feng, 37, que apresentou publicamente seu companheiro em uma missa no ano passado, pretendia construir uma Igreja cristã ecumênica em Kuala Lumpur com apoio da Metropolitan Community Church, poderosa comunidade gay cristã americana.

O Rev. Wong Kin Kong, secretário-geral da Irmandade Cristã Evangélica da Malásia, denominação de Ou Yang, afirmou que a Igreja aceita todo tipo de fiéis, inclusive homossexuais. “Mas a bíblia proíbe relação sexual entre pessoas do mesmo sexo. Não podemos proibir o pastor de criar essa igreja, mas informaremos nossos seguidores que não sigam seus ensinamentos”, concluiu Kong.

O objetivo de Ou Yang é atender homossexuais, que vivem em difíceis condições no país majoritariamente muçulmano. A prática homossexual é passível de condenação a até 20 anos de prisão na Malásia.

Fonte: Mix