O pastor Elias dos Santos foi preso em Jacaraípe, no município da Serra,no Espírito Santo, durante a madrugada desta terça-feira. Ele é acusado de falsidade ideológica e responde a três inquéritos por venda fraudulenta de terrenos.

O líder da Igreja Pentecostal Cristo Une as Nações, localizada em Feu Rosa, foi detido por acaso. A Polícia Civil investigava o furto de uma Pick-up S10, ocorrida na madrugada de terça-feira. Em uma das abordagens realizadas, os militares encontraram o pastor conduzindo um veículo Santana com uma carteira de habilitação falsa.

De acordo com o DPJ de Jacaraípe, o documento é na verdade uma autorização para dirigir, expedida em nome de outra pessoa. Elias dos Santos reconheceu irregularidades no documento e revelou ter pago R$ 1 mil, em duas parcelas de R$ 500, pelo documento.

Na delegacia, os militares tiveram uma surpresa. Contra o pastor, já haviam sido registrados três inquéritos por venda fraudulenta de terrenos. Elias negou que tenha aplicado golpes, alegando ser vítima de um advogado, cujo nome será preservado.

O pastor disse ser dono dos terrenos, juntamente com a esposa, no entanto, após assinar alguns papéis, teve os lotes roubados pelo advogado. Elias reconheceu ter vendido apenas um terreno, mas depois de ter concretizado a negociação, foi informado que os lotes não pertenciam a ele. O líder religioso garantiu já ter acertado contas com o comprador prejudicado.

Fonte: Gazeta Online