O reverendo Ryan J. Muelhauser, da Igreja Lakeside Christian, recebeu oito acusações de conduta sexual criminosa.

O reverendo Ryan J. Muelhauser, da Igreja Lakeside Christian, que ficou famoso por garantir “curar” homossexuais foi preso na cidade de Minneapolis, nos Estados Unidos, após ser acusado de abusar sexualmente de dois garotos durante um período de dois anos.

[img align=left width=300]http://cdn.jornaldamidia.com.br/portal/wp-content/uploads/2012/11/reverendo.gays_.jpg?e95859[/img]O pastor Ryan era ligado ao OutPost Ministry, um ministério anti-gay, e recebeu no total, oito acusações de conduta sexual criminosa.

De acordo com uma das vítimas, os abusos aconteceram por quase dois anos, e Muelhauser dizia que iria abençoá-lo colocando seus órgãos genitais para fora da roupa. O pastor pedia então que a vítima se masturbasse na frente dele enquanto o tocava.

[b]Fonte: Jornal da Mídia[/b]