O pastor Mack Wolford, era conhecido nos EUA por acreditar que a Biblia orienta os cristãos a manusear serpentes para testar a fé em Deus.

O pastor pentecostal Mack Wolford, 44, da Virgínia Ocidental (EUA), que promovia a fé por meio do manuseio de serpentes, morreu neste domingo (27) após ser picado por uma cascavel, informa o “The Washington Post”.

[img align=left width=300]http://www.midianews.com.br//storage/webdisco/2012/05/31/310×233/ea7a80a4c4c9c8c327ef3173f2a936bb.jpg[/img]Wolford era conhecido no estado por acreditar que a Biblia orienta os cristãos a manusear serpentes para testar sua fé em Deus e que, se picados, seriam curados pela fé, relata o jornal. O pai do pastor, também membro da igreja, manuseava os animais e morreu em situação semelhante, aos 39 anos.

O pastor tinha um cômodo em sua casa com oito serpentes venenosas, alimentadas com ratos, e costumava colocá-las em volta de seu pescoço, dançar com elas e até deitar perto delas. Ele já havia sido picado, diz a publicação

Ainda de acordo com o jornal, Wolford e outros adeptos da prática citam uma passagem bíblica que evoca o manuseio do animal e imunidade a picadas.

[b]Morte[/b]

Wolford organizou um culto em um parque no domingo, 27, e chamou membros de sua igreja e familiares para que todos praticassem o manuseio de cobras. Durante o evento, o pastor se sentou perto de uma de suas cascavéis e recebeu uma mordida na coxa.

O pastor foi levado para casa, como nas outras vezes em que foi picado, mas não apresentou melhora, conforme o jornal. Médicos então o transferiram para o hospital, onde ele foi declarado morto.

[b]Fonte: Midia News[/b]