Ministério liberal United Church of Christ recebe com alegria o líder que nasceu mulher e trocou de sexo

A igreja protestante liberal United Church of Christ, do estado americano do Colorado agora é liderada pelo pastor transgênero Malcolm Himschoot.

Malcolm tem 33 anos, nasceu com o sexo feminino e foi batizado com o nome Miriam, mas escolheu aos 21 anos de idade tornar-se alguém do sexo masculino. Ele cresceu em uma família cristã e estava acostumado a frequentar cultos e reuniões e aprendeu desde cedo que a homossexualidade era algo simplesmente horrível.

No entanto, tinha dois irmãos e sempre se viu como “um terceiro irmão,” não como a menina da casa. Por isso sentia-se intimidado pelo que ouvia dos púlpitos. Decidiu sair de casa aos 18 anos. Foi estudar em outro estado e formou-se em jornalismo no Amherst College, de Massachusetts. Trabalhou em jornais de cidades pequenas por vários anos, mas de tempos em tempos enfrentava crises pessoais.

Após trabalhar como voluntário ajudando órfãos na Guatemala, percebeu que queria ser pastor. Seus pais ficaram arrasados quando lhes contou sobre o que ele acreditava ser verdadeira identidade. Eles não aceitaram sua decisão de mudar de sexo, mas permitiram que continuasse usando o sobrenome da família.

Em 2000 matriculou-se no Seminário Iliff. Durante o segundo ano, fez a transição de mulher para homem, passando a assinar Malcolm. Hoje além de ser pastor ele é casado e pai de gêmeos de 3 anos.

Como o lema da United Church of Christ é liberal, Himschoot foi muito bem recebido pela comunidade. No dia de sua posse, ouviu Pam Thompson, uma das fundadoras da igreja criada há três anos, dizer: “Neste dia, celebramos a Deus fazendo uma coisa nova. Vamos nos unir em ousadia e humildade genuína”.

A congregação que o pastor Malcolm Himschoot assumiu tem cerca de 60 membros e afirmar estar em constante crescimento, recebendo como membros homens, mulheres, gays, lésbicas, bissexuais e trangêneros.

“Estou vivendo uma vida melhor do que poderia sonhar”, afirma Himschoot.

Himschoot diz estar pronto para lutar com o que a Bíblia diz sobre o sexo, assim como Jacó teve que lutar com um anjo. Ele lutará por sua fé. ”Quando você luta por um mundo mais justo, tem um profundo encontro com o Espírito de Deus […] Alguns ficam perturbados ao conviver com as pessoas não se encaixam no seu modelo, contudo não existem modelos que funcionam para todas as pessoas. Jesus não se encaixava no padrão de seus dias.”

[b]Fonte: Gospel Prime[/b]