O pastor da Igreja Evangélica de Angola (IEA) em Buco-Zau(Cabinda), Pedro Massanga, exortou os fiéis a entregarem voluntariamente as armas de fogo que tiverem ilegalmente em sua posse.

Falando no final da visita da primeira- secretária municipal do MPLA, Marta da Conceição Lelo, o líder religioso adiantou que o processo de entrega voluntária de armas em posse ilegal dos cidadãos contribuirá para “tranqüilizar as almas perturbadas durante a longa guerra entre irmãos”.

O pastor da IEA reconheceu como dever da Igreja incentivar

os crentes e todo aquele cidadão que tenha sido militar, residente nas comunidades, a proceder
a entrega da sua arma de fogo aos comandos de polícia mais próximos.

Fonte: Jornal de Angola