A pastora Esther Quintero completou, ontem, 80 anos de idade. E festejou a data tal como tem vivido: trabalhando, servindo ao próximo e à Igreja.

Sua vida e obra são exemplos dignos do ministério ao qual foi chamada desde jovem.

Esther Quintero representa o símbolo do ecumenismo e da participação no Conselho de Igrejas de Cuba (CIC), o que lhe custou incompreensões de irmãos e irmãs durante muitos anos. Ela foi vice-presidente do CIC, diretora do Programa de Mulher e Gênero, secretária de Atas e dirige, atualmente, a Comissão para a Vida.

De origem pentecostal, Esther foi ordenada pastora pela Igreja de Deus Ortodoxa de Holguín e desempenha a função de assessora da presidência, o bispo Samuel Ramos.

Como cidadã, ela expressou sua vocação de fé e testemunho no serviço a sua comunidade ao ser eleita delegada da Assembléia Estadual do Poder Popular, por atuar na Comissão para a Saúde.

Fonte: ALC