Fieis e pastores da Igreja Mundial do Poder de Deus dizem que o fechamento de um dos seus templos foi por causa da construção do “Templo de Salomão”, pela IURD, na mesma rua.

O pastor Valdemiro Santiago, da Igreja Mundial do Poder de Deus, passou a madrugada de terça num “monte sagrado”, orando pela reabertura do templo, recém-lacrado, no Brás.

Resultado? Uma funcionária do templo avisa aos fiéis: “O pastor profetizou. Deus revelou que a igreja será reaberta domingo”.

Na porta da igreja, fiéis e pastores disseram que a não liberação de alvará – pedido à Prefeitura em 2007- seria fruto de pressão da Igreja Universal do Reino de Deus.

A IURD já conseguiu licença para construir o Templo de Salomão na mesma rua da concorrente. E esclarece que “não tem ingerência sobre nenhuma lacração de qualquer imóvel”. A assessoria da Mundial não retornou às ligações e recados da coluna.

[b]Fonte: Estadão[/b]