Um grupo de pastores americanos, na pequena cidade de Kingsville, no estado americano do Texas, encontrou uma forma diferente de atrair jovens para a Igreja: noites de luta livre seguidas de orações.

Os pastores cristãos, que também são lutadores profissionais, sobem ao ringue cinco vezes por semana para fazer da religião um hábito para os jovens.

“Nós somos lutadores cristãos. Temos tatuagem, cabelo comprido e amamos o senhor”, diz um dos pastores.

“Os jovens vão sair daqui e dizer que entenderam o Evangelho de Jesus Cristo por meio da luta livre. Deus está em toda parte, inclusive na luta livre”, afirmam os pastores.

Fonte: BBC Brasil