Pichações contra o Papa Bento 16, incluindo uma com a frase “Morte a Ratzinger”, foram encontradas em muros de Nápoles antes de uma visita do pontífice à cidade neste mês, informaram autoridades nesta quinta-feira.

Uma fonte da polícia antiterrorismo da Itália disse suspeitar que a pichação é obra de grupos esquerdistas e anarquistas, mas o incidente ainda está sendo investigado.

Pichações anticlericais contra o papa e o arcebispo Angelo Bagnasco, chefe da Conferência de Bispos Italianos, já tinham aparecido em várias cidades da Itália no mês de maio, depois que Bagnasco fez comentários que enfureceram a comunidade gay.

O papa, o ex-cardeal Joseph Ratzinger, deve fazer uma visita de um dia a maior cidade do sul da Itália em 21 de outubro para abrir um encontro inter-religioso.

Fonte: Reutes