Observadores dos grupos cristãos de extrema direita nos Estados Unidos dizem que um novo videogame apocalíptico, inspirado pela série de livros de ficção baseada em Revelações, Left Behind (Deixados para Trás), está recheado de spyware, afirma o site The Register.

Os desenvolvedores incorporaram ao jogo software de uma firma israelense chamada Double Fusion. O programa insere anúncios em vídeo e merchandising de produtos dentro do jogo e declaradamente rastreia, dentre outros dados, informações pessoais, localização geográfica e comportamento do jogador, além de quanto tempo os anúncios foram vistos e a freqüência com que o jogo é jogado. Todas essas informações são transmitidas de volta à empresa para suprir seu programa de marketing direcionado.

Voltado para homens de 13 a 34 anos, “Left Behind: Eternal Forces” coloca o jogador como um diretor do Exército de Deus na Terra, “deixado para trás” após o Arrebatamento para percorrer as ruas de Nova York guerreando contra os servos de Satã e atirando em descrentes.

Com planos de distribuir 1 milhão de cópias em “mega-igrejas” evangélicas antes do Natal em todo o território americano, o título vem atraindo críticas tanto religiosas como seculares por mostrar um ramo violento da supremacia cristã. Jack Thompson, um cristão que faz campanha contra a violência em jogos, afirma: “É um absurdo. Você pode ser um cristão explodindo os infiéis ou, se isso não o empolgar o bastante, você pode ser o anticristo e explodir os cristãos.”

Em uma entrevista ao site da série de livros, Greg Bauman da Left Behind Games explica: “Left Behind: Eternal Forces” irá ajudar os leitores a ter a sensação do conflito e do caos no período de tempo retratado em Left Behind e vivenciar como eles se defenderiam e à sua fé do Anticristo e suas forças para manter a paz mundial”. As Nações Unidas, já vistas como um órgão de maquinações satânicas por mais de um cristão da extrema direita, são retratadas no jogo de forma negativa. Demônios com pés de bode literalmente emergiriam de jipes das forças de paz das Nações Unidas.

Uma resenha comenta o fato de que “a única forma de conseguir algo positivo dentro do jogo é converter descrentes em fiéis, e a única alternativa a isto é exterminá-los imediatamente.”

Fonte: Yahoo Notícias