A polícia de São Paulo prendeu nesta terça-feira um pedreiro que se passava por juiz de paz na zona norte da capital paulista.

Durante uma ronda, os policiais estranharam um carro com placa do Ministério da Justiça estacionado em via pública na Vila Gustavo. Ao averiguar, viram que se tratava de um pedreiro que se passava por juiz de paz.

O veículo estava na frente da casa da mãe de Israel. Segundo a polícia, o acusado é pedreiro, estelionatário e ainda se dizia pastor de igreja.

Foi encontrada com Israel uma carteira falsa de juiz de paz. O caso será apresentado no 39º Distrito Policial, na Vila Gustavo.

Fonte: Band online