O corpo do pastor Antônio de Souza Chimenez, de 40 anos, foi localizado em um terreno no bairro Botujuru, em Mogi.

No fim da última semana, a Polícia Civil da cidade de Mogi das Cruzes (SP), localizou o corpo de um pastor evangélico que estava desaparecido desde a última segunda feira (5).

[img align=right width=300]http://i0.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2015/01/pastor_antonio_de_souza_chimenez_desaparecido.jpg[/img]Segundo o delegado titular da delegacia de Homicídios em Mogi, Luiz Roberto Biló, a família do pastor já identificou o corpo. O carro do pastor havia sido encontrado carbonizado ainda na segunda feira.

– Houve o encontro. A família, inclusive, já reconheceu o corpo – afirmou o delegado.

Chimenez havia desaparecido após sair de um culto da igreja “Assembleia de Deus, Unidos para Vencer”, na Vila Natal, dizendo que iria pagar o aluguel da segunda unidade da igreja, que fica em César de Sousa.

De acordo com o G1, a mãe do pastor, Célia de Souza Chimenez, de 64 anos, comentou o ocorrido afirmando ter recebido informações de que seu filho estaria mantendo um relacionamento extraconjugal e que, por isso, ele estaria sendo vigiado por homens rondando sua igreja.

– Testemunhas me ligaram em casa para dizer que ele estaria mantendo um relacionamento extraconjugal e que na sexta (2) um veículo preto com dois homens ficou rondando a igreja. Eles ficaram olhando para o altar, pareciam procurar por ele (Antônio) – relatou Célia Chimenez.

[b]Fonte: Gospel +[/b]