Garota de 13 anos disse que pastor da igreja que frequentava a ameaçava. Suspeito do crime vai ser ouvido pelo delegado hoje.

A Polícia Civil está investigando um crime de violência sexual contra uma adolescente de 13 anos no bairro do Valentina, em João Pessoa. A vítima aponta o estuprador como sendo o pastor da igreja que frequentava. A ocorrência foi registrada pelos pais da menina nesta segunda-feira (21) na 9ª Delegacia Distrital, em Mangabeira.

Segundo relatos da menina à Polícia Civil, a violência sexual aconteceu quatro vezes, há cerca de três meses. Ela disse que o pastor a estuprava dentro da casa dela, quando estava sozinha, e fazia ameaças. “Ele dizia que se ela dissesse alguma coisa, aconteceria algo com ela ou com os familiares dela”, informou o delegado Nélio Carneiro.

O delegado explicou que já ouviu a vítima, os pais dela e testemunhas. “As pessoas da igreja ficaram surpresas”, disse. O pastor suspeito de cometer o crime, que tem 31 anos, foi chamado para prestar depoimento na 9ª DD nesta terça.

[b]Fonte: Expresso MT[/b]