Policiais do Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) localizaram, na manhã de ontem, o ex-pastor evangélico Ditmar Neumann, que, desde agosto do ano passado, fugiu com uma adolescente de 14 anos.

Os pais da menina, Francisca Siqueira, 34 anos, e Arnaldo José do Nascimento, 37, buscavam saber do seu paradeiro desde o momento em que ela deixou uma carta, dizendo que estava fugindo para morar com o pastor.

O último contato que a família recebeu foi através de uma mensagem, que Neumann enviou pelo celular, dizendo que “devolveria” a menina, desde que pudesse viver com ela, proposta que não foi aceita pela mãe. A polícia estava à procura de Ditmar e conseguiu localizá-lo em uma residência em Fazenda Rio Grande.

O Conselho Tutelar do município foi acionado e, junto com os policiais, foi até a moradia. Encaminhados para a delegacia, o ex-pastor foi ouvido pela delegada-titular Eunice Vieira Donome.

A mãe da garota também foi ouvida e, apesar de discordar da união, resolveu aceitar a opção da filha. “Não posso fazer mais nada. Se é o que ela quer, não vou atrapalhar. A porta da minha casa esta aberta para quando ela quiser voltar. Só vou torcer para que sejam felizes” disse Francisca.

Depois de prestar declarações, o ex-pastor foi indiciado pela delegada, que lavrou um termo circunstanciado por subtração de incapaz, de acordo com o artigo 249 do Código Penal.

Fonte: Bem Paraná