A Polícia Civil desbaratou uma quadrilha que havia se especializado em roubo a templos religiosos. O bando era encabeçado pelo sargento do Corpo de Bombeiros Sidnei Vieira da Silva Barbosa, de 40 anos.

De acordo com policiais da 16.ª Delegacia de Polícia (Barra da Tijuca), Barbosa usava a função para ganhar a confiança de padres e colaboradores da igreja.

Ele freqüentava o templo, fazia o levantamento sobre os locais em que ficavam guardados dinheiro e objetos de valor, e traçava o planejamento sobre o melhor horário para o roubo. Ele assaltava as igrejas com a ajuda de três comparsas, em ações marcada pela violência.

Esse ano, o bando roubou quatro templos. O último assalto foi à Igreja de São Francisco de Paula, na Barra da Tijuca, na zona oeste, no dia 8 de maio. Os criminosos chegaram a agredir o padre, antes de levar dinheiro e objetos. Barbosa foi preso na tarde do dia 14, dentro do Quartel de Campinho, na zona norte. Ele e os comparsas respondem a processo por roubo qualificado.

Fonte: ComuniWeb