A Polícia Civil do estado de São Paulo prendeu ontem um grupo de 50 manifestantes anticristo que chegaram a Basílica da cidade de Aparecida para protestar contra a Igreja Católica, informaram fontes oficiais.

O major do exército, José Mateus Teixeira Ribeiro coordenador do serviço de Comunicação do Social do Centro de Operações de Segurança Integrada (COSI), disse aos jornalistas que o grupo foi preso no estacionamento do Santuário Nacional da Basílica de Nossa Senhora de Aparecida.

Com faixas, panfletos e camisetas com mensagens contra a Igreja Católica, os membros do grupo, alguns identificados como vindos da cidade norte-americana de Miami, foram transportados até um posto policial, até para a proteção deles mesmo, disse Teixeira Ribeiro.

Os manifestantes se disseram integrantes do “Ministério Internacional Crescendo em Graça”, grupo fundado em Miami em 1988 pelo porto-riquenho José Luis de Jesús Miranda, e esperavam desde a noite de sábado a saída do Papa Bento XVI da Basílica, depois da reza do rosário.

A organização “Crescendo em Graça” conta com cerca de 300 congregações, 200 pastores, uma emissora de televisão e mais de 250 programas de rádio.

Fontes do exército informaram que os detidos serão liberados quando a missa terminar. O porta voz militar disse que “o comando está preparado para impedir qualquer manifestação (em Aparecida), pois o objetivo é dar condições para que a maioria das pessoas possa expressar sua fé”.

O Centro de Operações de Segurança Integrada (COSI) colocou neste pequena cidade 3.500 membros de diferentes corpos policiais e das forças armadas para dar segurança ao Papa.

Toda a operação dos cinco dias da visita do líder católico, que incluiu além de Aparecida, São Paulo e Guaratinguetá, envolveu 21.000 pessoas na segurança e logística.

De acordo com Teixeira Ribeiro, na tarde de sábado os funcionários tiveram que evacuar a Basílica para uma inspeção do Esquadrão Antibombas, em busca de uma mochila suspeita no local. Depois de analisa pelos especialistas, percebeu-se que a mochila continha pedaços de ladrilhos.

Fonte: G1