Os dois ataques armados contra estabelecimentos religiosos no Colorado (oeste dos EUA), que mataram cinco pessoas, foram provavelmente realizados pelo mesmo atirador, revelou a polícia nesta segunda-feira.

As evidências nas cenas dos dois crimes indicam que Matthew Murray, de 24 anos, morto por um guarda após atirar na igreja evangélica New Life, em Colorado Springs, foi o autor dos ataques.

“Os exames confirmaram que a pistola encontrada na igreja de Colorado Springs está relacionada aos cartuchos encontrados na cena do crime em Arvada”, disse o chefe da polícia de Arvada, Don Wick, à imprensa local.

“Baseados nas informações obtidas durante as investigações, acreditamos que Matthew Murray é o responsável pelos dois ataques”.

O primeiro tiroteio aconteceu em Arvada, ao noroeste da capital do Colorado, Denver, na madrugada de sábado para domingo, quando um homem armado invadiu um centro de formação de missionários cristãos e abriu fogo.

Quatro pessoas foram feridas e levadas para hospitais próximos, onde duas não resistiram aos ferimentos.

Doze horas mais tarde, um segundo tiroteio foi registrado no estacionamento de uma igreja evangélica em Colorado Springs, 120 km ao sul de Arvada, com um saldo de dois mortos.

Fonte: AFP