A agressão aconteceu por volta das 23h de sábado em uma igreja evangélica localizada na Rua Pedro Albaniz, bairro Aponiã, zona Norte da capital de Rondônia, Porto Velho.

Na ocasião o policial militar identificado como Edmar Soares teria invadido o templo e logo ao avistar a própria esposa, Maria Altemisia, passou a espancá-la com soco, chutes e pontapés em diversas partes do corpo.

Em seguida, tomado pela fúria, sacou uma pistola 380 e efetuou vários disparos na direção dela, porém não conseguiu acertar e a mulher escapou com a ajuda de populares.

O crime de lesão corporal seguida de tentativa de homicídio foi registrado no 8° DP com o número 2784/2010l, onde foram passadas informações que o militar teria fugido do local em uma motocicleta não identificada.

Na igreja muitas pessoas estavam passando mal com o que tinha ocorrido e passaram para os policias que atenderam o chamado várias cápsulas da pistola que estavam no chão da igreja.

[b]Fonte: Rondoniaovivo[/b]