Projeto intitulado “Os Povos do mundo escrevem a Bíblia” foi implementado nesta quarta-feira, 23, em El Salvador, impulsionado pela Comunidade Judaica e a Embaixada de Israel neste país. Ao evento de fé somaram-se igrejas cristãs e o Tabernáculo Bíblico “Amigos de Israel”.

“A Bíblia foi traduzida para 2.035 mil línguas e dialetos, chegou da terra de Israel ao mundo. Este é um projeto maravilhoso, no qual as pessoas têm a oportunidade de escrever a Bíblia”, disse o embaixador de Israel em El Salvador, Mattanya Cohen.

“Eu tive um sonho que as crianças pintassem a Bíblia há nove anos e recebemos 800 mil desenhos de crianças de diferentes partes do mundo. Agora escreveremos a Bíblia em 37 países diferentes”, afirmou o criador do projeto, Amoos Roinik.

A atividade consiste em retomar um versículo da Bíblia e transcrevê-lo em páginas especiais que serão enviadas ao Vale da Bíblia, em Israel. O projeto está sendo desenvolvido simultaneamente em diferentes partes do mundo, a propósito da comemoração do 70. aniversário do Estado de Israel.

“A Bíblia tem um lugar central na vida das pessoas ao redor do mundo e ocupa um lugar especial em seus corações”, afirmou Roinik. “Celebramos esta honra às Santas Escrituras. A Bíblia é o livro mais lido e serve de inspiração ao mundo cristão”, disse o bispo da Igreja Anglicana de El Salvador, Martín Barahona.

Fonte: ALC