O prefeito de Barra Mansa, no Rio de Janeiro, Roosevelt Brasil (PMDB), decretou ontem luto oficial pelos sete mortos no acidente da BR-101, que liga o Rio a Campos, ocorrido na madrugada de sábado.

A maioria das vítimas estava no ônibus de turismo que saiu sexta-feira à noite de Barra Mansa com destino à Guarapari, onde seria realizado um culto evangélico. Eles eram membros da Igreja Maranata.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, sete pessoas morreram no local do acidente. Os corpos foram velados na manhã de ontem.

Fonte: Diário Online