A Secretaria de Serviços Públicos da prefeitura de Campinas deu prazo de cinco dias para execução de reparos no prédio da Igreja Universal do Reino de Deus, localizada numa das principais vias de acesso à cidade do interior paulista.

Parte do acabamento de gesso do teto desabou na noite de ontem, durante um culto. O prédio tem capacidade para 4 mil pessoas, mas havia 200 fiéis no templo na hora do acidente. Ninguém ficou ferido.

O prazo dado pela secretaria vale também para a entrega de laudo técnico feito por engenheiros responsáveis pelo prédio. O templo foi parcialmente interditado após o desabamento do gesso. Por meio de assessoria, a prefeitura informou que o não-cumprimento do prazo na entrega da documentação solicitada pode culminar na interdição total do prédio.

O pastor responsável pela Igreja Universal não foi localizado para dar informações sobre os procedimentos adotados pela igreja.

Fonte: Agência Estado