A polícia de Uganda, na África, prendeu um pastor que enganava os fiéis com um acessório normalmente usado por mágicos. Obiri Yeboah, que é de Gana, foi detido no aeroporto da capital, Kampala. O aparelho se chama “Eletric Touch” (toque elétrico), e é vendido em lojas de mágica ao lado de outros truques baratos.

Uma loja on-line anuncia assim o apetrecho: “Com um simples toque, faça uma lâmpada fluorescente acender e apagar, faça confetes se moverem, faça uma colher dar choque em um voluntário”.

“As pessoas podem ser enganadas e pensar que isso é um milagre”, disse o chefe de segurança do Departamento de Aviação Civil Herman Owomugisha.

O pastor-mágico é dirigente de uma das várias igrejas pentecostais de Uganda, e ganha muito dinheiro oferecendo cura para doenças ou ajuda divina para problemas financeiros.

A proliferação de igrejas “milagrosas” preocupa as autoridades ugandenses. Muitas delas anunciam até a cura da Aids.

Fonte: G1