Uma professora da escola primária Lord Baltimore Elementary School, em Delaware, desculpou-se após chamar o pré-candidato democrata à Presidência americana Barack Obama de “muçulmano assustador”, segundo a Fox News.

Os comentários da professora foram divulgados quando a irmã de uma das estudantes que estava na sala de aula escreveu uma carta ao editor da “Delaware’s Cape Gazette”, detalhando os comentários políticos da professora.

“A professora disse para a classe que ela é republicana e Barack Obama acredita em coisas diferentes, e é assustador”, relataram as irmãs Fatima e Basima Abdelsalam na carta.

“Somos crianças americanas muçulmanas. Nós amamos nosso país, mas as crianças estão sendo ensinadas a maltratar e ferir os muçulmanos”, acrescentaram.

A questão foi resolvida após um encontro entre a professora e mãe das três crianças, Dina Odetalla. Durante o encontro, a educadora pediu desculpas e tentou se retratar.

Odetalla é muçulmana e fez uma reclamação interna na escola, segundo o advogado Greg Varallo afirmou para a Fox News nesta quarta-feira (26).

“Houve uma reunião e um pedido de desculpas”, afirmou Varallo, que classificou os comentários de desafortunados e frisou que a situação já está resolvida.

Obama é cristão, freqüentador da Igreja Unida de Cristo (United Church of Christ, protestante), e nega os rumores de que seja muçulmano desde o início de sua campanha.

Fonte: Folha Online