A TV Record trouxe ontem à noite, no programa “Domingo Espetacular”, entrevista com uma mulher que, sem se identificar, disse ter visto o padre Júlio Lancelotti trocando carícias com um rapaz de menos de 18 anos dentro da Casa Vida, onde ela afirma ter trabalhado com o religioso durante um ano.

Lancelotti afirmou ontem à noite não ter visto o programa, mas nega qualquer envolvimento. “Se ela sabe de algo, deve ir à Justiça. Como ela não se identificou, não sei quem é. É difícil”, disse ele.

Na semana passada, o padre acusou um ex-interno da ex-Febem de extorsão, sob a ameaça de revelar um suposto caso de pedofilia, o que ele nega. O padre chegou a pagar prestações de uma Pajero ao acusado, que está foragido.

Fonte: Folha de São Paulo