A queda de um guindaste na Grande Mesquita de Meca provocou a morte de ao menos 87 peregrinos nesta sexta-feira (11). Milhares de pessoas de várias partes do mundo se dirigem para a cidade sagrada na Arábia Saudita, a poucos dias para o começo da peregrinação anual, o Hajj.

Segundo a Defesa Civil saudita, mais de 180 pessoas ficaram feridas.

[img align=left width=300]http://imguol.com/c/noticias/40/2015/09/11/11set2015—um-guindaste-caiu-nesta-nesta-sexta-feira-11-na-mesquita-de-meca-na-arabia-saudita-pelo-menos-65-pessoas-morreram-milhares-de-pessoas-de-varias-partes-do-mundo-se-dirigem-para-a-cidade-1441993003964_300x420.jpg[/img]Ainda não há detalhes sobre as circunstâncias do acidente. Mais cedo, a rede de televisão Al Arabiya afirmou que o guindaste despencou por causa de fortes tempestades – o oeste da Arábia Saudita vem sendo atingido por grandes tempestades de areia nos últimos dias.

Segundo um comunicado, 15 equipes da Defesa Civil participam do resgate das vítimas junto a outras do Crescente Vermelho saudita e do Ministério da Saúde.

Fotos que circularam nas mídias sociais mostraram peregrinos em roupas ensanguentadas e muitos destroços de uma parte de um guindaste que pareceu ter atravessado um telhado.

A mesquita de Meca é a mais sagrada do islã e o destino da peregrinação, que está prevista para o próximo dia 21 ou 22 de setembro.

A peregrinação, uma das maiores congregações religiosas do mundo, já foi cenário de vários desastres, a maior parte envolvendo peregrinos pisoteados na pressa de concluir os rituais e voltar para casa. Centenas deles morreram em um episódio desse tipo em 2006.

O guindaste que provocou o massacre ao cair no interior da mesquita era usado nas obras para restaurar e ampliar o recinto.

[b]Fonte: UOL[/b]