Dois jovens recém-formados da Faculdade Bíblica, no seu primeiro ano como obreiros nacionais mantidos pela organização Gospel for Asia (GFA), foram obrigados a abandonar seu posto por causa de ameaças de morte feitas por rebeldes maoistas indianos.

Rujul Abraham e Manik Ranjan pregavam em uma vila em Chhattisgarh, na Índia, no Estado em que o grupo de rebeldes é forte. Onde Rujul e Manik estavam, outras seis pessoas escolheram seguir a Cristo, e a relação era pacífica com os outros moradores.

Seguidores da religião tradicional local começaram os preparativos para um dos festivais anuais, quando maoistas entraram no vilarejo e destruíram duas estátuas dos deuses locais, que seriam homenageados durantes as celebrações. Os moradores do vilarejo também foram ameaçados pelos rebeldes.

“Não permitiremos nenhum tipo de celebração religiosa,” advertiram, “e não queremos ver nenhuma religião sendo praticada; se vocês não nos obedecerem, haverá consequências fatais.”

Até então, tanto os novos cristãos quanto o chefe do vilarejo aconselhou os obreiros a deixarem o vilarejo.

“Vocês podem retornar e continuar seu ministério assim que os ânimos se acalmarem,” assegurou o chefe do vilarejo.

A insurgência maoísta, conhecida por operar em 220 municípios em 20 estados da Índia, é visto pelos líderes nacionais como a maior ameaça que o país enfrenta hoje.

K.P. Yohannan, presidente da GFA, pediu aos cristãos do ocidente para orarem pelos obreiros e pelos novos cristãos que tem enfrentado essas ameaças.

[b]Pedidos de oração:
[/b]
• Ore pelos obreiros da GFA que tem enfrentado ameaças dos maoistas e perseguição de outros indivíduos anticristãos.
• Ore para que, enquanto eles espalham as Boas Novas do amor de Deus sobre os corações que estão cheios de ódio, o Senhor Jesus transforme essas vidas.
• Ore para que aqueles que usam o sofrimento dos pobres para atingir seus objetivos vejam que a verdadeira esperança para os necessitados não está em armas ou sangue, mas no amor e sacrifício de Jesus Cristo.

[b]Fonte: Missão Portas Abertas[/b]