[img align=left width=300]http://3.bp.blogspot.com/-XYJQ3pjSC1o/Vc5md3z1BWI/AAAAAAAABNU/ZFzBnt9kAu0/s1600/001.jpg[/img]

A Record estabeleceu a faixa de horário das 20h30 será destinado exclusivamente às novelas bíblicas. A exceção será a próxima que estreia em novembro, “Escrava Mãe” — apenas porque a decisão foi tomada após os bons resultados conquistados por “Os Dez Mandamentos”.

Depois de tentar investir em folhetins de época ou contemporâneos, a direção está convencida que adaptar histórias inspiradas na Bíblia já é, e para sempre será, a melhor alternativa para disputar a preferência do público com as concorrentes, segundo informa o jornalista Flávio Ricco.

“Assim como o SBT criou uma faixa infantil a partir de “Carrossel”, a Record estabeleceu que o seu horário das 20h30 será destinado às novelas bíblicas. A exceção será apenas com a próxima, Escrava Mãe, com estreia em novembro, porque essa estratégia só foi definida após os bons resultados conquistados por Os Dez Mandamentos […] Tal decisão não implica na abertura de um segundo horário de novelas”, escreveu Flávio Ricco, em sua coluna no Uol.

O plano foi consolidado pela emissora após encontrar sua própria identidade na dramaturgia, diferenciando-se da principal concorrente, Globo: “Depois das várias tentativas feitas com produções de época ou contemporâneas, a direção está convencida que adaptar histórias inspiradas na Bíblia já é, e para sempre será, a melhor alternativa para disputar a preferência do público”, acrescentou o jornalista.

A Record não visa abrir novos horários de novelas. A ideia é completar o trabalho da teledramaturgia com a realização de séries, através de empresas terceirizadas.

De acordo com Flávio Ricco, a direção da Record está levando a sério a promessa de que Josué e a Terra Prometida será uma continuação exata de Os Dez Mandamentos, e colocou a autora Vivian de Oliveira para escrever os primeiros capítulos da nova novela. Depois, ela passará o bastão para Renato Modesto, que comandará o projeto a partir de 21º capítulo.

“Vivian de Oliveira, autora de ‘Mandamentos’, vai escrever os vinte primeiros capítulos de Josué, como se fosse a primeira fase da novela, que terá em destaque o momento que Moisés recebe a tábua dos Mandamentos até a sua morte”, concluiu o jornalista.

[b]Fonte: Gospel + e Guia-me[/b]