A Record negou oficialmente, nesta segunda-feira (26), a intenção de lançar uma TV com sede em Miami, nos EUA, com ambição de ser uma espécie de CNN em português.

No último sábado (24), a coluna Mônica Bergamo divulgou que a Igreja Universal iniciou o projeto, em sigilo.

“O acionista Edir Macedo não está desenvolvendo um ‘plano ambicioso’ de criar uma ‘CNN em português’, a partir de uma nova emissora em Miami”, informou a Record.

Segundo a colunista, o projeto teria um orçamento de cerca de US$ 40 milhões (R$ 66,4 milhões), com previsão de compra de um satélite e de iniciar as operações no início de 2010.

A Record negou também a intenção de “compra de satélite exclusivo”. Em Miami, o canal possui atualmente a Record Internacional.

Fonte: Folha Online