A Rede Record, do bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universaldo Reino de Deus, a Abril e a Bandeirantes vão apresentar nesta semana um protesto contra o monopólio da Rede Globo, informou a coluna Outro Canal, do jornal Folha de S. Paulo, nesta segunda-feira.

O motivo do protesto, que foi escrito na última segunda-feira, é o impedimento de algumas TVs pagas destes grupos não poderem ser transmitidas em todo o Brasil.

A concorrência diz que a Globo é favorecida por ocupar sete das dez vagas disponíveis às operadoras em TVs por assinatura. Record, Band e Abril querem que cada grupo econômico fique, cada um, com dois desses canais.

Para Alberto Pecegueiro, diretor-geral da Globosat, não há monopólio da emissora. “Não existe monopólio da Globo. A Globo enfrenta no mercado de TV por assinatura os maiores grupos do mundo, como Turner e Time-Warner. No discurso antiGlobo, ninguém liga para isso”, afirmou.

Fonte: Terra