O cantor gospel Regis Danese (foto) está sendo processado. O motivo seria o plágio de uma música que é sucesso no mundo todo, “Faz um Milagre em Mim”. A assessoria do autor da ação, Rafael Duarte, procurou a redação do site Gospel+ para fazer a denúncia.

Segundo a assessoria de Rafael Duarte, ele seria o verdadeiro autor de “Faz um Milagre em Mim” e não Regis Danese e sua esposa, Kelly Danese, como é informado no CD do cantor. Também figura como réu no proceso a gravadora de Regis, a Line Records. Rafael diz ter provas de que a música é sua, sendo estas provas suficientes para ajuizar uma ação cível – a fim de que seja indenizado pelo uso indevido da música – e está em vias de ajuizamento de uma ação penal.

O processo tramita na 1ª Vara Cível do Foro Regional de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, sob o número 0015598-41.2009.8.19.0206. No âmbito criminal, ainda está correndo inquérito policial para a investigação do crime de plágio na Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Propriedade Imaterial.

A redação do Gospel+ procurou Gisele Alves, assessora de imprensa de Regis Danese, que apresentou a seguinte nota oficial sobre o caso:

Temos convicção que se trata de mais um levante falso contra o Ministério do Regis Danese com intuitos escusos e sem qualquer procedência. Assim que o Regis for notificado apresentará sua defesa e provas com relação à questão e está em paz porque confia na verdade e principalmente que Deus é amor, mas é justiça também. Quanto a qualquer pessoa que vem se levantando contra o ministério do Regis, a oração é que sejam alcançados pelo Senhor Jesus Cristo e com o coração convertido, repensem sua conduta.

“Faz um Milagre em Mim” é sucesso em todo o país, sendo já regravada pelo grupo de pagode Pique Novo e cantada até mesmo por Latino em um show. Um bebê ressuscitou, segundo relatos, ao som desta música.

A música foi acusada, inclusive, de conter mensagem subliminar satânica. ([url=http://www.folhagospel.com/htdocs/modules/news/article.php?storyid=11377]leia aqui[/url])