Mulheres na igreja louvando
Mulheres na igreja louvando

O relatório semestral do Observatório do Pluralismo Religioso (do Ministério da Justiça espanhol) sobre locais de culto na Espanha foi publicado na última terça-feira (23), com dados atualizados até dezembro de 2017.

O relatório mostra que a abertura de locais de culto tem crescido como nos anos anteriores. De acordo com os dados do Observatório do Pluralismo Religioso, agora existem 4,045 templos evangélicos de culto em todo o país.

É a primeira vez na história que este número foi atingido pelas igrejas evangélicas. Houve um crescimento consistente ao longo da década, apesar das dificuldades econômicas da crise e dos obstáculos que muitas congregações encontram ao solicitar permissões para a construção ou abertura de seus locais de culto.

Relatório

Durante o 8º Congresso Evangélico realizado em julho de 2017 em Madri, um relatório detalhado foi apresentado com a quantidade de lugares de culto.

Dámaris Playá, coordenador da base de dados da Federação de Entidades Religiosas Evangélicas da Espanha (FEREDE em espanhol), disse que existem 3.800 lugares de culto, uma ligeira diferença que, como ela explicou, é devido aos diferentes padrões usados ​​para decidir o que é um lugar de culto, juntamente com alguns erros no registro oficial de igrejas que o Ministério da Justiça tem.

O chefe do “Centro de Evangelismo da Espanha”, Máximo Álvarez, também registrou a tendência de crescimento “não só consistente, mas em ascensão”, com figuras semelhantes às apresentadas pela FEREDE.

Seis novas igrejas por mês

“Uma igreja e meia está sendo plantada na Espanha a cada semana, o que somam seis igrejas por mês, ou seja, 82 igrejas por ano. Esses números continuam crescendo, graças às iniciativas de plantação de igrejas que estão sendo realizadas por igrejas e denominações”, disse Álvarez em uma entrevista com o site de notícias on-line espanhol, o Protestante Digital.

Além disso, o relatório estatístico acrescenta uma revisão sobre a ação social das minorias religiosas na Espanha. Na seção dedicada à ação social evangélica, o relatório destaca os projetos e o trabalho da Diaconia, o ramo social da FEREDE.

Fonte: Guia-me