Pesquisadores de duas universidades analisaram mais de 5.000 casais para descobrir os fatores que mais influenciam a escolha de um cônjuge.

Pesquisadores da Universidade Rice e da Universidade de Nebraska/Lincoln analisaram dados coletados entre mais de 5.000 casais, visando descobrir que fatores mais influenciam a escolha de um cônjuge. O estudo, denominado The Politics of Mate Choice [Os critérios de escolha de um parceiro], mostra que a ideia de que os “opostos se atraem”, na maioria das vezes acaba não se comprovando cientificamente:

“Os cônjuges se assemelham em questões que vão desde características físicas (altura, peso, cor da pele, circunferência do pescoço e o tamanho do lóbulo da orelha) passando por aspectos como nível educacional, renda, idade, tipo de ocupação e status socioeconômico, incluindo também características sociais e mentais como personalidade, inteligência e tipos de atitude”.

A pesquisa foi publicada este mês na revista científica Journal of Politics. Os principais aspectos que definem a formação de um casal não são a aparência ou o dinheiro como se costuma acreditar, mas as visões sobre religião e política. O terceiro aspecto mais importante é a freqüência que a pessoa ingere bebidas alcoólicas.

Entre os casais entrevistados, os relacionamento duraram entre menos de um ano até 67 anos. Isso pode indicar que cada parceiro faz uma espécie de triagem no início do relacionamento, em vez de descobrir similaridades depois de algum tempo juntos.

O professor de Ciência política John Hibbing, um dos pesquisadores, explica: “Ficamos surpresos ao descobrir que a concordância religiosa e política vem desde os primeiros anos de casamento, em vez de aumentar ao longo do tempo… Não sabemos se os casais que compartilham da mesma visão sobre religião e política são mais felizes, ou algo assim. Apenas concluímos que é algo que acontece com muito mais freqüência”.

O estudo apresenta uma lista de características que se busca nos primeiros encontros, dispostas em ordem de importância. Algo que deve ser lembrado quando você conhecer alguém em um bar ou no grupo religioso a que pertence:

Frequência à igreja
Opiniões políticas
Freqüência na ingestão de álcool
Educação
Altura
Frequência no uso de cigarros ou assemelhados
Peso
Quanto tempo dorme
Tipo físico ideal
Tipo físico real
Outra lista com questões e atitudes específicas aproximou os casais entrevistados. São opiniões que eles compartilhavam, também em ordem de importância :

Oração nas escolas
Aborto
Direitos dos homossexuais
Filmes pornôs
Pena de morte
Divórcio
Liberação das mulheres
Energia nuclear
Astrologia
Disposição para usar drogas
Arte moderna
Censura
Crença de que é melhor seguir as regras
Gostar de intimidar outras pessoas
Ter sido agradável aos pais quando criança

[b]Fonte: Agência Pavanews[/b]