Há tempos o casamento de sete anos entre a popstar Madonna e o cineasta Guy Ritchie estava em crise, até a separação ser anunciada. Porém, o que poucos suspeitavam é que um dos motivos cruciais para a decisão teria sido religião.

Segundo a edição online do jornal britânico “The Sun”, ele quis abandonar a cabala, enquanto ela está cada vez mais envolvida com a religião judaica. A principal revolta de Ritchie seria os altos custos financeiros para se manter ativo na comunidade religiosa.

Madonna já teria contratado uma advogada para cuidar do divórcio – a mesma que cuidou da separação de Paul McCartney e Heather Mills. Já algum tempo, eles não vivem mais como marido e mulher, tendo dormido em quartos separados.

Fonte: Verdes Mares