O sacerdote católico caldeu iraquiano Nawzat Hanna foi seqüestrado hoje em Bagdá, denuncia hoje a agência de notícias “Asianews”.

A agência do Pontifício Instituto para as Missões afirmou que os seqüestradores já entraram em contato com o Patriarcado caldeu iraquiano, mas, por enquanto, não há mais notícias.

O sacerdote, que é pároco da igreja de Mar Pithion, no bairro de Baladiyat, foi seqüestrado hoje quando saía do quarto de um doente por um grupo de pessoas que estavam esperando por ele, confirmou à agência católica o bispo caldeu em Bagdá, Shlemon Warduni.

O bispo disse que está convencido de que os seqüestradores vão pedir um resgate, mas afirmou que, “entre os fiéis católicos de Bagdá, está sendo divulgada a idéia de que se trata de uma resposta às fortes denúncias sobre a perseguição de cristãos realizadas a partir do Patriarcado”.

Em novembro, seqüestraram o pároco católico caldeu da igreja de São Elias em Bagdá, Doglas Yousef al-Bazy, que foi libertado nove dias depois.

Em janeiro de 2005, o arcebispo de rito sírio católico Basile Georges Casmoussa foi retido durante um dia, na localidade iraquiana de Mossul.

Fonte: EFE