Ao se disporem a orar juntos, buscando o diálogo, cristãos mostram um sinal visível de que são capazes de caminhar na busca da unidade, da paz e da justiça, disse o presidente do Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil (Conic), pastor Carlos Moeller, na homilia do culto de abertura da Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos.

A Catedral Anglicana de Brasília abrigou, no sábado, 23, fiéis de diferentes denominações para a abertura oficial da Semana. “O que une os cristãos é muito maior do que as separações e os desentendimentos ocorridos ao longo da história”, pregou Moeller.

A Semana é um convite à oração conjunta no caminho da reconciliação e do diálogo entre as várias denominações, frisou o secretário-geral do organismo ecumênico nacional, reverendo Luiz Alberto Barbosa. Ele conclamou congregações de todo o Brasil a constituírem núcleos ecumênicos, em preparação à Campanha da Fraternidade Ecumênica de 2010, sob o tema “Economia e Vida”.

Participaram da abertura da Semana líderes e fiéis das igrejas Católica Romana, Siriana Ortodoxa, Presbiteriana Unida, Presbiteriana Independente, Metodista, Episcopal Anglicana, Evangélica de Confissão Luterana, Assembléia de Deus e Batista.

Também estiveram presentes na Catedral Anglicana representantes de agências e organismos ecumênicos, como Coordenadoria Ecumênica de Serviço (Cese), Centro Ecumênico de Evangelização e Assessoria (Ceca), Koinonia, Christian Aid, Evangelischer Entwicklungsdienst – Serviço de Desenvolvimento Evangélico (EED).

A Semana termina no domingo de Pentecostes, 31 de maio.

Fonte: ALC