O senador dos EUA, Ernie Chamberes, do estado de Nebraska, abriu um processo contra Deus no condado de Douglas. Ele é conhecido por sempre criticar os cristãos.

O democrata afirmou que abriu o processo semana passada, pois para ele, “Deus gera medo e é responsável por milhões de mortes e destruições pelo mundo”.

O processo tem como acusações o fato de Deus ter gerado “inundações, furacões horríveis e terríveis tornados”.

Chamberes comentou ainda que Deus fez ameaças terroristas contra ele e seus eleitores.

Segundo o senador, ele abriu o processo em Douglas porque Deus está em todos as partes.

Chamberes disse que a iniciativa foi uma forma de protestar contra o alto número de processos que são abertos pelos americanos que ele considera ridículos.

Fonte: Portas abertas