O senador Magno Malta (PR-ES) homenageou, nesta quarta-feira (5), um grupo de pastores evangélicos responsáveis por trabalhos de recuperação de drogados e criminosos.

Os religiosos fizeram visita ao Plenário do Senado, durante a qual ouviram o senador, que também é evangélico, defender a tese de que a saída para o crime está na vida espiritual.

O parlamentar apresentou aos demais senadores o pastor Marco Pereira, que seria responsável por um trabalho de reeducação de presidiários no Rio de Janeiro. Marco Pereira também teria ajudado a acabar com rebeliões em penitenciárias no Rio.

– Todo drogado é um endemoniado. Políticas públicas ajudam, mas, para se recuperar, o traficante tem de encontrar Deus de manhã, Jesus ao meio-dia e o Espírito Santo de noite – disse Magno Malta, anunciando uma palestra a ser proferida pelo pastor, nesta quinta-feira (6), no presídio da Papuda, em Brasília.

Magno Malta elogiou os pastores por trabalharem de forma abnegada, sem dinheiro do governo. Também estiveram no Plenário o cantor Vaguinho, do grupo Morenos, ex-drogado, e o pastor Cizinho, de Santa Catarina, integrante dos Gideões Internacionais, que atuam na cidade de Camboriú, mas também realizam evangelização e ajuda social na Amazônia.

Fonte: Agência Senado