O bispo Edir Macedo será homenageado pelo SBT a pedido do empresário e apresentador Silvio Santos, dono da emissora.

O líder da Igreja Universal do Reino de Deus e proprietário da TV Record será o tema de uma reportagem do programa jornalístico Conexão Repórter, apresentado por Roberto Cabrini.

[img width=300]http://i2.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2014/10/silvio-santos.jpg?fit=200%2C220[/img]De acordo com informações do jornalista Flávio Ricco publicadas no jornal Diário de S. Paulo, o pedido para homenagear o bispo da Universal foi feito por Silvio Santos diretamente a Cabrini. Numa ligação telefônica, Silvio teria pedido ao apresentador que fizesse uma reportagem sobre o líder religioso abordando toda sua trajetória de vida até a inauguração do Templo de Salomão.

Silvio Santos também teria pedido a Cabrini para produzir outras duas matérias especiais no mesmo teor: uma sobre a biografia de Roberto Marinho, fundador do Grupo Globo e já falecido; e uma sobre Johnny Saad, presidente do Grupo Bandeirantes, e seu pai, João Jorge Saad, fundador da emissora paulista e falecido em 1999.

O apresentador teria dito ao jornalista Roberto Cabrini que nutre grande admiração por esses empresários, que foram um dos pioneiros no ramo da comunicação no Brasil e que são seus concorrentes.

[b]Templo de Salomão
[/b]
Silvio Santos é judeu e fez reiterados elogios a Edir Macedo pela iniciativa de construir uma réplica em escala aumentada do Templo de Salomão em São Paulo. Para o proprietário do SBT, a ideia de construir o megatemplo pode ser considerada “única”.

A obra durou pouco mais de quatro anos e teve um custo total de R$ 685 milhões, que foram arrecadados a partir de doações de fiéis da Igreja Universal.

O Templo de Salomão tem capacidade para 10 mil pessoas sentadas, e as pedras usadas no revestimento da fachada foram importadas de Israel, para emprestar semelhança arquitetônica das edificações erguidas no país ao megatemplo da Universal.

[b]Fonte: Gospel +[/b]