O apresentador Silvio Santos fez uma visita na última segunda-feira, 27 de julho, ao Templo de Salomão, da Igreja Universal do Reino de Deus, e se encontrou com o líder da denominação, bispo Edir Macedo.

A visita é a retribuição ao convite feito por Macedo a Santos na época da inauguração do megatemplo, que replica, em escala muito maior, o Templo erguido pelo rei Salomão em Jerusalém, milênios atrás.

Desde a inauguração do megatemplo da Universal, a relação entre Silvio Santos e Edir Macedo vem se estreitando. O proprietário do SBT pediu à equipe de jornalismo de sua emissora que produzisse uma entrevista com Edir Macedo, e supervisionou os trabalhos. O material foi veiculado em uma edição especial do SBT Repórter, apresentado por Ricardo Cabrini.

[img align=left width=300]http://i0.wp.com/noticias.gospelmais.com.br/files/2015/07/silvio-santos-edir-macedo-templo-de-salomao.jpg[/img]Agora, Edir Macedo retribuiu a gentileza e encomendou uma entrevista de Silvio Santos para o Domingo Espetacular. Os jornalistas da Record conversaram com o mais icônico apresentador da televisão brasileira em uma das instalações do Templo de Salomão. Ainda não há informações sobre quando o material vai ao ar.

A visita de Silvio Santos, judeu, à atual sede da Igreja Universal aconteceu na companhia da esposa, a autora de novelas Íris Abravanel, e da filha Renata, que preside o Grupo Silvio Santos. Ambas são evangélicas.

“Às vezes meu pai vai à igreja com a gente”, teria afirmado a apresentadora Patrícia Abravanel, em entrevista à coluna Outro Canal, do jornal Folha de S. Paulo, revelando que a visita de Silvio Santos à Universal não foi sua primeira a uma igreja.

O encontro entre Silvio Santos e Edir Macedo é o primeiro em quase 20 anos, segundo informações do jornalista Ricardo Feltrin: “Depois de 17 anos, Silvio e Edir Macedo voltaram a se encontrar. A primeira vez foi em 1998, quando Ratinho se desligou da Record e foi para o SBT. Silvio tomou a iniciativa de ir pessoalmente, numa manhã de domingo, sozinho, à igreja da avenida João Dias, também em São Paulo, para tratar da questão da multa”, escreveu.

Um detalhe, no entanto, foi esquecido por Feltrin. O encontro de 1998 não foi o primeiro entre Silvio e Macedo. Ambos já haviam se encontrado em 1989, durante as negociações para a compra da Record, que à época, pertencia a Silvio Santos em sociedade com a família Machado de Carvalho, proprietária da rádio Jovem Pan.

[b]Fonte: Gospel +[/b]