Uma pequena sinagoga na cidade de Váz, 50 quilômetros ao norte de Budapeste, sofreu um ataque anti-semita perpetrado por desconhecidos que picharam a fachada com símbolos e palavras de ordem nazistas, informou a imprensa local.

Os agressores pintaram suásticas e o número “88”, que na simbologia dos grupos neonazistas equivale ao grito “Heil Hitler”, pois o “h” é a oitava letra do abecedário.

Em comunicado, a pequena comunidade judaica de Váz afirmou que o que ocorrido é um “claro ato fascista”, que faz parte “da insegurança política e pública dos últimos tempos”.

Até a Segunda Guerra Mundial, a comunidade judaica da Hungria era uma das mais numerosas da Europa, com cerca de 800.000 pessoas. Mais da metade destas foi assassinada pelos nazistas e por seus seguidores húngaros do movimento da Cruz de Flechas. Atualmente, cerca de 100.000 judeus vivem na Hungria, a maioria deles em Budapeste, a capital do país.

Fonte: EFE