O Santo Sínodo pronunciou-se “pela continuação do diálogo com a Igreja Católica Romana sobre problemas de interesse comum” e expressou satisfação pelos resultados do encontro entre Bento XVI e o Metropolita Kirill.

O Santo Sínodo do Patriarcado de Moscou da Igreja Ortodoxa russa teve lugar no complexo religioso de Serguiev Posad , a 70 km da capital . O respeito pelos direitos humanos, a defesa da dignidade humana e a responsabilidade moral são as “questões cruciais” sobre as quais a Igreja Ortodoxa russa pretende desenvolver o diálogo , nem sempre fácil ,com os católicos.

O Santo Sínodo pronunciou-se “pela continuação do diálogo com a Igreja Católica Romana sobre problemas de interesse comum” e expressou satisfação pelos resultados do encontro de maio, no Vaticano, entre Bento XVI e o Metropolita Kirill, chefe do Departamento para as Relações Exteriores, do Patriarcado ortodoxo de Moscou.

Segundo o Santo Sínodo ortodoxo, é necessário que católicos e ortodoxos se unam “para proteger a instituição familiar e o valor da vida humana”.

Fonte: Pravda.ru