O Supremo Tribunal da Malásia rejeitou nesta quarta-feira o pedido de uma mulher que queria o reconhecimento oficial de sua conversão do islamismo para o cristianismo.

Um painel de três juízes do Supremo rejeitou a apelação de Lina Joy neste caso emblemático, envolvendo a autoridade das cortes civis sobre os tribunais baseados na lei islâmica.

Fonte: AFP