Um taxista evangélico foi para a delegacia denunciado por um casal de homossexuais de se negar a levar os passageiros ao seu local de destino.

O taxista, Ezer Gomes de Barros, teria pedido aos dois que não se beijassem dentro do veículo e foi ignorado. Os passageiros saiam do aeroporto Internacional Antônio Carlos Jobim (Galeão), no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (20).

Ao ter seu pedido ignorado, o taxista, então parou nas imediações do aeroporto, na Ilha do Governador, onde se negou a seguir viagem. Os rapazes chamaram a polícia, que levou todos para a delegacia.

O motorista do taxi alegou ter ficado constrangido com a cena, dizendo não ter expulsado os dois, mas que apenas pediu para não namorarem no veículo. Ele ainda afirmou que pediria o mesmo a um casal heterossexual.

O motorista que será acusado de injúria, pode cumprir pena de um a seis meses de detenção ou multa. A ocorrência foi levada para o Juizado Especial Criminal (Jecrim).

[b]Fonte: The Christian Post[/b]